Recanto do Chagoso

Prosa e Poesia

Textos

Sentar aqui
Sentar aqui e lembrar  os belos momentos da infância.
Sentar aqui e agradecer a eterna presença e o exacerbado cuidado por toda a minha juventude.
Sentar aqui e, principalmente, agradecer a compreensão, o apoio incondicional a bondade infinita, o perdão...
Sentar aqui e depositar essa flor inócua, de cheiro bom e vida curta.
Sentar aqui, diante dessa fria lápide,  e amargar ao extremo essa dor cruel.
Sentar aqui e deixar o olhar vagar e os olhos livres para o marejo.
Sentar aqui e, apesar da dor,  alucinar o imensurável prazer de ter sido vosso filho.
Chico Chagoso
Enviado por Chico Chagoso em 26/08/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras