Recanto do Chagoso

Prosa e Poesia

Textos


Tocando meu Violão

Nos idos anos setenta
Na música, só emoção.
Do metal à bem mais lenta,
Tudo virava canção.
Num perrengue ou numa treta,
Sempre tirava de letra,
Tocando meu violão.

Mas tempo não perde tempo,
Já dizia o ancião.
Tal folha seca ao vento,
Os tenros anos se vão.
Quando a lembrança apertava,
Vez ou outra me flagrava,
Tocando meu violão.

Difíceis tempos chegaram:
Trabalho e preocupação
Vieram e se misturaram,
Sem dó e sem compaixão.
O lazer nem existia
E eu nunca mais me via
Tocando meu violão.

A tarde anoiteceu
E os prazeres de então,
A mente não esqueceu.
Mas o corpo luta em vão.
Sinto saudades, sabia?
Dos tempo que eu amanhecia
Tocando meu violão.

 

 

 


Revisões:

28/10/2021 - Inclusão de fundo musical, atendendo ao pedido carinhoso do meu amigo Gilson Macedo, comentário de 20/10/2021: Solo de Violão com Diogo Oliveira, música "Rosa" do Pixinguinha.
 

Chico Chagoso
Enviado por Chico Chagoso em 08/03/2021
Alterado em 14/04/2022


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras