Recanto do Chagoso

Prosa e Poesia

Textos

PAI PELA ÓTICA DE UM FILHO

Crônica por Leila Kichileski

     Quando a mulher engravida tudo fica voltado com cuidados e carinhos pra ela. Quando o bebe nasce tudo é direcionado pra ela: cuidados, carinho e atenção de todos!

     E você PAI?

    O máximo que ouvirá das pessoas é: "Parabéns!" Entre amigos íntimos será: "Conseguiu, até que enfim!" Mas diante de tudo isso, já existe uma relação entre Pai e Filho antes de se saber o resultado da gravidez. "Eu e você já estávamos interligados, uma conexão intensa e quando acontece a sua aceitação de minha vida na sua vida, começa um novo ciclo para ambos, uma relação complexa, que jamais existirão palavras para se explicar, somente sentir, estaremos num relacionamento tenso e intenso, discreto, numa conexão muito louca que só há entre pai e filho (a). Sempre verei em você o meu maior herói, aquele que se veste com armaduras invisíveis e luta dia após dia para me proteger do mundo imundo, das pessoas feias de espírito, que se dedica a cuidar-me e a trilhar o caminho para que eu não pise em “espinhos” você é meu lapidário. Seu suor, sacrifício e proteção é meu alimento para a jornada da minha vida, por isso me espelho em você que é pra mim exemplo de força e determinação, sua história de vida nunca terá fim no meu coração e peço a Deus que me torne um (a) Homem/Mulher, com a mesma intensidade de caráter, dignidade e honestidade de você! Talvez nunca tenhamos falado de sentimentos mas nossos corações agem em código Morse!"

 

A autora, gentilmente, permitiu a publicação nesta página. Mas o efeito aminésico-pós-covid só me pertiu agora. Se é que me entendem. De qualquer forma, pai é o ano todo, a vida toda e até após ela... Grato, Leila.

Leila Kichileski
Enviado por Chico Chagoso em 21/08/2022
Alterado em 22/08/2022


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras